segunda-feira, 26 de junho de 2017

Meu coração de lua
sonha serenatas,bilhetes
na porta da geladeira
dizendo de amores
Meu coração trincado
de dores,não quer mais
tristeza de andar só
quer infinito de amar
mar de amor
Lia Sena

domingo, 25 de junho de 2017

A natureza não nos permitiu conhecer o limite das coisas.
Cícero
imagem [Amy Sherald]
A idade não vem sozinha
vizinha de chagas
pragas que batem e voltam


A idade não dá folga
Rouba folga,melindres
Perdoa deslizes,
Dá o troco em doces

A idade é generosa
Vem em prosa ou desalinho
Como vinho bom
Ou sermão de mãe nervosa

Esta menina levada
Amarrota a pele
E passa a limpo nossa ficha
Nil Kremer
imagem [Alesssia Ianetti]

sábado, 27 de maio de 2017

e o homem se curva
_parece ser sina
trocar o fardo milenar das culpas
pelo pós moderno fardo do vazio
_há que se ter um peso a ser carregado
a leveza parece não ser humana
não se sustenta
enquanto barro _pesa
Nydia Bonetti

Legado

Meu inventário será de palavras
herança em verso
pequeno arquivo
contendo universo
Nil Kremer
arte:Marie Laurencin,1913


A solidão é
pássaro sem asas
fica restrito a um canto
*Assis Freitas
arte:Beth Conklin

sexta-feira, 18 de novembro de 2016